A Comissão Europeia deu “luz verde” à compra da maioria do aeroporto alemão de Frankfurt-Hahn pela chinesa HNA, accionista da TAP.

Frankfurt-Hahn

O negócio, avaliado em 15,1 milhões de euros, foi fechado em Março passado mas só agora foram cumpridas todas as obrigações legais. A subsidiária do grupo HNA, a HNA Airport, comprou a posição de 82,5% do antigo aeroporto militar ao estado alemão da da Renânia-Palatinado. Os restantes 17,5% permanecem na posse do estado de Hesse, fracassada que terá sido a venda à imobiliária ADC, que se apresentou em consórcio com a HNA.

O grupo HNA propõe-se realizar vários investimentos no aeroporto ao longo dos próximos anos. A companhia indicou, além disso, que irá lançar pelo menos três voos semanais de cargueiros em Hahn. Há também a previsão de lançar três voos semanais de passageiros entre a China e o aeroporto situado entre Bona e Frankfurt.

O aeroporto de Frankfurt-Hahn, que na origem foi uma base aérea da OTAN, opera essencialmente no mercado da carga aérea, com serviços de Silk Way, NCA, Atlas Air e Etihad Airways. Movimentou cerca de 80 mil toneladas em 2015, menos 40% do que no ano anterior, longe do máximo de 286 mil toneladas registado em 2011.

Pela proximidade a Frankfurt, o aeroporto é também base de operação de companhias low-cost no segmento dos passageiros. Nos últimos anos a infra-estrutura tem acumulado passivos e daí a decisão de venda.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>