Bertram Rickmers, o fundador e líder da Rickmers Holdings,  volta a comprar o negócio de gestão de navios do grupo, em parceria com a Zeaborn. Os outros negócios do grupo alemão poderão seguir-se.

Rickmers

 

Os valores da proposta de compra não foram divulgados, mas o contrato assinado há dias para a transferência do negócio de gestão de navios em Hamburgo, Chipre e Singapura é da ordem das “dezenas” de milhões de dólares.

O acordo já foi aprovado pelo comité de credores da Rickmers Holding e está agora sujeito à aprovação da Autoridade da Concorrência da Alemanha.

“O objectivo do consórcio é expandir as actividades de gestão de navios e investir em novos crescimentos”, refere a nota emitida a propósito pela dupla Bertram Rickmers/Zeaborn.

“Como parte de uma solução global, pretende-se que o consórcio também assuma as restantes unidades de negócio do grupo Rickmers, no âmbito do plano de insolvência”, reforça.

O grupo Zeaborn, especialista na gestão de navios multipurpose, já em Fevereiro adquiriu as operações da Rickmers-Linie

A Rickmers Holding é o negócio de cinco gerações da família de Bertram Rickmers, que no passado 1 de Junho se viu forçado a pedir a insolvência.

 

Os comentários estão encerrados.