A Comissão Europeia deu “luz verde” à aquisição do aeroporto da City de Londres por um consórcio de fundos canadianos e kuwaitianos. O negócio ronda os dois mil milhões de libras esterlinas (2,2 mil milhões de euros).

Aeroporto da City de Londres

No comunicado divulgado a propósito, Bruxelas indica que a transacção está em conformidade com as regras europeias da concorrência, porque terá um impacto “limitado” na estrutura do mercado. O negócio foi examinada pelo Executivo da União Europeia pelo procedimento simplificado, utilizado em casos menos difíceis.

Os novos proprietários do aeroporto da City de Londres são o fundo soberano Kuwait Investment Authority (KIA), o fundo de investimento canadiano Borealis e o também canadiano plano de pensões Ontario Teachers’ Pension Plan e Alberta Investment Management Corporation (Aimco).

Do lado vendedor estiveram o Global Infrastructure Partners (GIP), que detinha 75% do aeroporto, e a Highstar Capital.

O aeroporto da City de Londres, tal como o nome indica, localiza-se muito próximo do coração financeiro da capital britânica, e daí boa parte do seu sucesso. Ali operam 12 companhias, que ligam a City a 46 destinos no Reino Unido e EUA.

O GIP (que comprou a posição que agora irá alienar em 2006 e 2008) sustenta tratar-se do aeroporto londrino com mais rápido crescimento.

O aeroporto da City tem um plano de expansão avaliado em 200 milhões de libras esterlinas, que lhe permitirá aumentar a capacidade para os seis milhões de passageiros/ano.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>