A China e Rússia anunciaram um acordo para desenvolverem, de forma conjunta, a “Rota da Seda de Gelo” ao longo da Rota do Mar do Norte.

Rota do Mar do Norte

O entendimento foi alcançado a 4 de Julho pelo presidente da China, Xi Jinping, e o primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Medvedev. A Rússia já é um parceiro importante na construção da Nova Rota da Seda.

As rotas do Árctico incluem duas rotas principais: a Passagem do Nordeste, também chamada de Rota Marítima do Norte, pela Rússia, e a Passagem do Noroeste (pelo Canadá).

A Passagem do Nordeste, com a maior parte do seu curso a ser efectuado ao longo da costa Norte da Rússia, é a rota mais curta para muitas regiões da China. A distância de navegação entre os portos no Norte da China e a Europa Ocidental, o Mar do Norte e o Mar Báltico são 25% a 55% inferiores aos das rotas de transporte tradicionais.

Esta passagem pode aumentar a importância de portos no Norte da China, como Dalian e Tianjin.

À medida que o gelo do Árctico continua a diminuir, as companhias de transporte marítimo já se preparam para o possível aumento do tráfego de navios nas duas principais rotas marítimas daquele oceano. Embora não seja possível abrir a Passagem do Noroeste no Canadá e a Rota do Mar do Norte em todo o ano da Rússia, os armadores estão já a investir em navios capazes de navegar pelo gelo.

 

 

Os comentários estão encerrados.