A CP transportou cerca de 29 milhões de passageiros no primeiro trimestre deste ano, mais 1,7 milhões, ou cerca de 6,3%, do que no período homólogo do ano passado, anunciou a empresa.

CP

Com todos os serviços a crescer, destacaram-se, ainda assim, os Urbanos do Porto e o Longo Curso, com aumentos de procura de 6,8% para 5,3 milhões e e 1,36 milhões de passageiros, respectivamente.

Os Urbanos de Lisboa continuam a representar o maior número de passageiros transportados, 19,8 milhões, mais 6,4% face ao mesmo trimestre de 2016. E mesmo os Comboios Regionais ganharam clientes, com 2,6 milhões de passageiros, mais 4% em termos homólogos.
Em consequência do aumento da procura, as receitas de tráfego cresceram 5,6%, ou 2,8 milhões de euros, para um total de 53,8 milhões de euros.

“Estes resultados ultrapassam todas as expectativas da empresa”, afirma a CP, em comunicado, e reforçam “a necessidade de aumentar a oferta, a qualificação do material circulante através da reabilitação da frota existente e a aquisição de novos comboios”, conclui.

Tags:

Este artigo tem 1 comentário

  1. Parabéns ao Dr Manuel Queiró que de há muitos anos a esta parte vem melhorando a competitividade da CP e prepara a renovação de “meia idade” de todos os Alfa !

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>