Os primeiros dez hectares da plataforma logística e industrial galega de Salvaterra-as-Neves (Plisan) serão vendidos a 50 euros o metro quadrado.

Plisan

O valor foi decidido numa reunião entre a Junta da Galiza, a autoridade portuária de Vigo e o consórcio da zona franca desta cidade.

Foi também definido no encontro que as empresas que se instalem na Plisan poderão aceder ao terreno em direito de superfície nas mesmas condições que os parques da Junta galega, com uma adjudicação por 30 anos, prorrogável por mais 30.

A taxa anual a pagar pelas empresas será de 1,5 % do preço de venda nos primeiros dois anos (podendo solicitar-se um ano de carência inicial), de 2,5% nos dois anos seguintes e de 3,5% a partir do quinto ano.

Além disso, na reunião foi decidido iniciar a criação de uma entidade de gestão para a futura manutenção das instalações da plataforma logística.

A criação da plataforma de Salvaterra-as-Naves é um projecto antigo e que tem conhecido sucessivos atrasos. Os trabalhos de infra-estruturação já começaram e deverão desenvolver-se ao longo do próximo ano.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>