A aquisição do operador ferroviário estatal grego TrainOse pela Ferrovie dello Stato (FS) está concluída. A oficialização do negócio de 45 milhões de euros aconteceu numa cimeira greco-italiana.

TrainOSE

“O encerramento [do processo] é outro passo importante para o crescimento internacional do grupo FS, conforme previsto no plano de negócios 2017-26”, afirmou o CEO e director-geral da FS, Renato Mazzoncini, após a conclusão da transacção.

“A aquisição da Trainose é uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento para os caminhos-de-ferro gregos, que de agora em diante podem contar com o know-how e a experiência do FS Italiane Group”, acrescentou o executivo transalpino.

A FS vê um potencial significativo no desenvolvimento do tráfego de mercadorias dos portos gregos para a Europa Central. Em 2016, a Trainose transportou 15,6 milhões de passageiros, 10,1 milhões do quais em serviços suburbanos, e 1,1 milhão de toneladas de mercadorias.

Isso gerou receitas de 120 milhões de euros e um lucro de 3,3 milhões de euros. De acordo com a FS, a Trainose alcançou o “equilíbrio financeiro” em 2013. O operador grego conta com 672 funcionários, aluga cerca de 1 160 veículos e opera cerca de 350 comboios de passageiros e mercadorias por dia.

Mazzoncini afirmou que a FS está a “evoluir para tornar-se num grande operador de mobilidade europeu” e que já é uma das principais operadoras do mercado ferroviário de passageiros e mercadorias, bem como no transporte público local.

“Somos primeiros na Itália e na Grécia, segundos na Alemanha e também operamos com subsidiárias na Grã-Bretanha, França e Holanda”, indicou.

As actividades internacionais da FS “representam actualmente cerca de 15% das receitas, aumentando para cerca de 17%, se consideradas numa base anual”, segundo Renato Mazzoncini.

O objectivo do grupo FS é que o volume de negócios fora de Itália cresça de mil milhões para quatro mil milhões de euros até 2026.

O Fundo de Desenvolvimento de Activos da República Helénica, a agência de privatizações grega, nomeou a FS como proposta preferencial a 14 de Julho de 2016. A russa RDZ e o grupo local Gek Tema chegaram a manifestar interesse na operação, mas a FS foi a única a apresentar uma oferta vinculativa.

O acordo de compra de acções foi assinado a 18 de Janeiro, mas a conclusão da transacção estava sujeita à aprovação pela Comissão Europeia de pacotes de apoio financeiro para a reestruturação da TrainOse e da gestora de infra-estruturas OSE.

» Italiana FS assina compra da grega TrainOse

 

 

 

 

Os comentários estão encerrados.