A Lufthansa chegou a acordo para comprar 81 dos 144 aviões da Air Berlin e assumir 3 000 dos 8 500 trabalhadores da companhia falida.

Lufthansa_Air-Berlin

O negócio, anunciado pelo presidente da Lufthansa, Carsten Spohr, valerá  1,5 mil milhões de euros.

Além da Lufthansa também a easyJet apresentou uma proposta para comprar cerca de 30 aviões da Air Berlin, mas não se sabe ainda se as partes chegaram a acordo.

A Air Berlin cessará as operações no final do mês. Declarou-se insolvente em meados de Agosto e só resistiu até agora mercê de um empréstimo-ponte de 150 milhões de euros concedido pelo governo alemão.

A Air Berlin, a segunda maior da Alemanha, sucumbiu a 1 200 milhões de euros de prejuízos acumulados em dois anos e à decisão da Etihad Airways, a sua maior accionista, de deixar de injectar dinheiro na empresa.a

Com a compra dos activos da Air Berlin a Lufthansa reforçará a sua posição no mercado alemão, mas Carsten Spohr garante que ficará ainda longe da posição que a Ryanair detém na Irlanda. A low cost, recorde-se, acusou o governo alemão e a Lufthansa de estarem a preparar um monopólio com a transferência dos activos da Air Berlin.

O negócio entre a Lufthansa e a Air Berlin terá ainda de ser validado pela autoridade europeia da Concorrência, que deverá pronunciar-se até ao final do ano.

 

Os comentários estão encerrados.