A Luís Simões contratou com a Toyota a renovação da frota de equipamentos de movimentação de cargas, num investimento de cinco milhões de euros, anunciou a companhia.

Luís Simões

No total serão 300 novos equipamentos - porta paletes, empilhadores frontais, retráteis e order pickers – eléctricos, destinados aos 14 centros de operações da Luís Simões em Portugal, incluindo a Espaçotrans e a Reta.

Com este investimento, a frota de equipamentos de movimentação de cargas da Luís Simões crescerá cerca de 15%, em linha com o aumento do número de clientes e a maior actividade dos existentes, sustenta o operador logístico.

Mas não só. “O principal impacto será o aumento da eficiência nas operações, pelo incremento da velocidade ou da optimização da frota através do sistema de gestão, assim como um aumento da ergonomia dos operadores, já que todos os equipamentos contam com direcção assistida eléctrica e sistemas de mudança de baterias auxiliares, com o objectivo de melhorar a segurança, a saúde, o conforto e a eficiência no trabalho”, destaca, em comunicado de imprensa, Luís Freitas, Director Geral de Logística da Luís Simões.

 

Os comentários estão encerrados.