A JD.com, um dos maiores retalhistas chineses, está a trabalhar para ter, dentro de dois a três anos, um drone capaz de transportar uma tonelada. No entretanto, desenvolve uma rede de distribuição também baseada em drones, mas com um conceito diferente do de outros gigantes do e-commerce como a Amazon.

No caso da JD.com, os drones, capazes de transportar 8 a 15 pacotes, são usados para levar as encomendas das cidades para as zonas rurais. Em cada localidade há um parceiro local que recepciona as cargas e assegura a distribuição na “last mile”.

Com os drones, a JD.com logrou chegar às zonas rurais sem ter de suportar os custos da montagem de uma rede de distribuição, sublinhou o CEO da empresa. Os drones permitem poupanças de 70% face ao tradicional camião e são muito mais rápidos, referiu Richard Liu, numa entrevista a uma agência local.

O drone que se pretende capaz de transportar até uma tonelada vai ser desenvolvido na província chinesa de Shaanxi, no noroeste do país. Quando estiver disponível deverá ser utilizado, numa primeira fase, no transporte de produtos agrícolas frescos, das zonas rurais para as cidades.

 

 

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.