Depois do recorde de navios de cruzeiro registado em 2014, Leixões antecipa para o ano corrente novos máximos de escalas e de passageiros.

Em 2015, ano em que inaugurará o edifício do novo terminal de passageiros de Matosinhos, a APDL prevê receber cerca de 90 escalas de navios de cruzeiros e cerca de 125 mil visitantes, entre passageiros (83 mil) e tripulantes (42 mil).

A confirmarem-se as previsões, 2015 será o melhor ano de sempre do porto nortenho na vertente dos cruzeiros, superando o máximo de escalas verificado em 2014 e o número de passageiros registado em 2012.

No ano passado, Leixões recebeu 78 escalas de navios de cruzeiro, mais 11 que em 2013 e mais cinco que em 2012, de quando datava o anterior recorde.

Ao nível dos passageiros, no ano passado foram 64 440, melhor que os 46 620 de 2013 mas ainda abaixo do recorde de 75 672 ocorrido em 2012.

Em 2014, Leixões foi escalado por mais navios e de maiores dimensões. Quinze deles tinham mais de 250 metros de comprimento (contra apenas oito em 2013). Não por acaso, o novo terminal de Matosinhos recebeu 41 escalas (um recorde), contra as 37 da “velha” gare de passageiros de Leça da Palmeira.

No balanço do ano findo, a APDL destaca ainda o início das operações em Leixões da Aida Cruises e da Tui Cruises e a escala do Mein Schiff 3 na sua viagem inaugural.

Tags:

Comments are closed.