A Maersk Line e a MSC, parceiras na aliança 2M, anunciaram o reforço da capacidade no Ásia-Norte da Europa e no Ásia-Costa Leste dos EUA, com o lançamento de dois serviços, para acomodar as cargas da HMM e da Hamburg Süd, em linha com os acordos de compra/partilha de slots.

Maersk

Os novos serviços arrancarão a 1 de Abril próximo, precisamente quando deverão iniciar as operações as novas mega-alianças de operadores de transporte marítimo de contentores, que se propõem rivalizar com a 2M.

O novo serviço Ásia-Norte da Europa  escalará Ningbo e Xangai, na China, Tanjung Pelepas, na Malásia, e Roterdão, Hamburgo, Bremerhaven, Wilhelmshaven e Felixstowe no Norte da Europa. O regresso far-se-á por Antuérpia, Le Havre, Tanger Med, Salalah (Omã), Jebel Ali (EAU) e de volta a Ningbo.

Em termos de transit time, a nova oferta promete poupanças de até três dias nas ligações a Roterdão e Hamburgo.

No trans-Pacífico, o novo serviço sairá de Hong Kong e escalará Yantian, Xangai e Busan antes de cruzar o Pacífico e o Canal do Panamá até aos portos da costa Leste Savanah, Norfolk, Charleston e Miami, com regresso a Hong K0ng.

Em ambos os casos, todos os navios serão operados exclusivamente pela Maersk Line e pela MSC, o que confirma, se necessário, que a parceria da 2M com a HMM se restringe à disponibilização de slots. No caso da Hamburg Süd, recorde-se, trata-se de “antecipar” os efeitos da compra da companhia germânica pela dinamarquesa.

 

Tags:

Comments are closed.