As vendas de ligeiros de mercadorias registaram, em 2019, uma queda de 2,1% face ao ano anterior, situando-se em 38 454 unidades matriculadas, avança a ACAP.
Renault Trafic – Renault Master

A Renault liderou o segmento em 2019, com 7 993 matrículas (-4,9%), com Peugeot (+10,3%, para 7 375 unidades) e Citroën (-18,4%, para 5 046 veículos comerciais ligeiros) a encerrarem o top-três do ranking da ACAP.

A adaptação da oferta das marcas às normas de homologação de emissões WLTP, em vigor de desde Setembro último no segmento de ligeiros de mercadorias, acabou por representar alguma “tempestade” no segmento no ano passado.

Em Dezembro, matricularam-se 4 539 unidades, que representaram, em sentido contrário, um crescimento de 12,5%.

Tags:

Comments are closed.