A ACEA pretende que a União Europeia viabilize a circulação de camiões com tecnologia platooning na UE antes de 2023.

A ACEA (Associação de Construtores Europeus de Automóveis) pede não só uma “maior optimização do design do camião e a introdução de inovações que minimizem viagens em vazio e baixas cargas” como propõe uma actualização dos regulamentos “para permitir que veículos de grande capacidade, projectados para transportar o dobro da mercadoria dos camiões normais, usem troços específicos da rede rodoviária da UE”.

A entidade que congrega os construtores de camiões pede, além disso, às instituições comunitárias que alarguem os prazos “para a aplicação de qualquer alteração normativa”, para desenvolver “um quadro político coerente que permita e apoie de forma efectiva a transição para veículos mais eficientes no consumo de combustível e um transporte rodoviário de baixas emissões”.

A ACEA reclama ainda uma harmonização dos padrões de eficiência energética “à escala mundial” e solicita a implementação de incentivos à compra de veículos mais limpos, bem como o desenvolvimento de uma rede de postos de carregamento eléctricos para camiões.

O documento entregue pela entidade às autoridades comunitárias inclui ainda propostas para o segmento dos veículos comerciais ligeiros, para o qual reclama um programa de apoio para as PME poderem comprar modelos de propulsão alternativa. Também neste particular alerta para a importância da existência de infra-estrutura recarregamento eléctrico.

» The future of the EU auto industry – ACEA Manifesto 2019-2024

 

 

 

 

 

Tags:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*