A Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (ACEA) terá, a partir de 1 de Outubro, um director-geral oriundo das TI: Eric-Mark Huitema.

O executivo holandês, de 55 anos, passará a ocupar o cargo de Erik Jonnaert, até agora secretário-geral da ACEA.

Huitema chega à associação provindo da IBM, onde era líder global em transporte inteligente. Antes esteve nas start-up Chello Benelux (de que foi cofundador) e EDS International e na Philips Electronics.

Para Eric-Mark Huitema, que estudou química técnica na Universidade de Delft e administração de negócios e vendas no INSEAD, “este é um momento realmente emocionante para liderar” a ACEA. “Estou ansioso por fazer a minha parte para ajudar a indústria a enfrentar os novos desafios, garantindo ao mesmo tempo que esta mantenha a sua liderança no cenário mundial”, afirmou, citado em comunicado.

O português Carlos Tavares, presidente da ACEA e presidente do conselho de administração do grupo PSA salienta, precisamente, a experiência tecnológica do novo director-geral da ACEA. “Como o futuro da indústria automóvel será conectado e digital, o historial do Sr. Huitema será altamente relevante para nos liderar em algumas das principais transformações esperadas”, considera.

Depois de seis anos à frente da associação que representa os 15 principais fabricantes europeus de automóveis, camiões e autocarros, o até agora secretário-geral sai de cena. “Em nome do conselho de administração da ACEA, gostaria de agradecer a Erik Jonnaert pelo seu incansável compromisso com a associação e a nossa indústria nos últimos anos muito intensos”, sublinha Carlos Tavares.

 

Tags:

Comments are closed.