A Adif anunciou um investimento de 4 029 milhões de euros para concluir os trabalhos da Alta Velocidade entre Madrid e a Galiza em 2019.

O gestor espanhol da infra-estrutura ferroviária pretendeu, assim, colocar um ponto final nas dúvidas relativas à chegada da Alta Velocidade àquele região de Espanha pela não aprovação do orçamento geral do Estado.

“O factor orçamental não é um obstáculo para cumprir o que foi prometido, já que o planeamento financeiro da Adif permite-lhe obter recursos para o desenvolvimento dos seus projectos através de diferentes fontes, independentemente da aprovação do orçamento geral do Estado”, refere o comunicado da gestora.

A Adif indica que o investimento superior a 4 000 milhões inclui também os trabalhos da variante de Ourense, bem como a estação intermodal na cidade de As Burgas.

A gestora salienta, além disso, que a fase de teste dos comboios de Alta Velocidade entre Pedralba (Zamora) e Ourense começará no último trimestre de 2019.

 

Comments are closed.