A VIIA Britannica arranca no próximo dia 29 entre Le Boulou e Calais, com extensão até Dover. Preço da viagem por semi-reboque: 999 euros.

AE ferroviárias

Está confirmado. A auto-estrada ferroviária entre os Pirinéus franceses e Calais, que esteve para ser lançada em Janeiro, mas que viu o arranque ser adiado por questões de segurança relativas à crise dos migrantes junto à Mancha, está pronta para arrancar.

O primeiro comboio deverá partir de Calais no próximo dia 29 do corrente, às 22 horas, em direcção a Le Boulou, junto a fronteira espanhola. No sentido inverso, a primeira partida acontecerá às 4 horas do dia 30.

Nesta fase de arranque prevê-se uma ligação diária em cada sentido, com um transit time de 22 horas. Cada composição poderá transportar 22 semi-reboques.

E porque o objectivo primordial é captar o tráfego de camiões entre Espanha (e Portugal) e o Reino Unido, haverá uma oferta multimodal integrada comboio-navio, que permitirá levar os semi-reboques até Dover. Chegados a Calais, os semi-reboques serão transferidos para os navios da P&O que fazem a travessia da Mancha a cada hora. E o mesmo será válido no sentido inverso.

Nesta fase inicial, o preço promocional da viagem entre Le Boulou e Dover será de 999 euros/semi-reboque.

A nova auto-estrada ferroviária é operada pela VIIA, a subsidiária da SNCF que já opera serviços semelhantes entre Bettembourg (Luxemburgo) e Le Boulou, e entre Aiton (França) e Orbassano (próximo de Turim, Itália).

Comments are closed.