AE ferroviárias Espanha-França já têm candidatos

Doze empresas ou consórcios manifestaram interesse em operar as futuras AE ferroviárias entre Espanha e França, pelos corredores Atlântico e Mediterrâneo.

AE ferroviárias Espanha-França nos corredores Atlântico e Mediterrâneo

Na sequência do processo lançado em Abril pelos governos de Madrid e Paris, apresentaram candidaturas a operar as AE ferroviárias a CA Maeubeuge de Sambre, RsR Cargo, CFL Multimodal, Novatrans, Transfesa/Porto de Valência, Renfe Mercancías, Cargobeamer France, Railsider/Euskotren/CAF, VIIA, Lorry Rail, Por Rail Almanzora Lenante e Brittany Ferries.

Apesar de por mais de uma vez ter manifestado a intenção de apostar em serviços de ferroutage, a portuguesa Medway não figura entre os candidatos.

As propostas apresentadas incluem a descrição técnica e comercial do serviço, a proposta de localização dos terminais rodo-ferroviários, as características do material circulante a ser utilizado, os serviços complementares a disponibilizar, estimativas de tráfego e de receitas e e, claro, uma previsão do investimento.

A partir da análise das propostas, o grupo de trabalho misto hispano-francês deverá seleccionar os futuros operadores das duas AE ferroviárias a implementar entre os dois países.

As AE ferroviárias pretendidas deverão ligar Irun-Bordéus-Paris, no Corredor Atlântico, e Barcelona-Avignon-Lyon, no Corredor Mediterrâneo. Em ambos os casos trata-se de eixos sobrecarregados no tráfego internacional rodoviário de mercadorias.

A criação dos novos serviços poderá beneficiar de co-financiamento comunitário, além de apoios nacionais dos dois países envolvidos.

 

Comments are closed.