A Baleària candidatou ao Mecanismo Conectar Europa (CEF, na sigla em inglês) o relançamento da AEM Giojn-Nantes, no âmbito de um projecto de conversão dos seus navios para o uso de GNL.

A candidatura visa a remotorização de cinco ferries, sendo que um deles seria alinhado na nova AEM.

A candidatura foi apresentada conjuntamente com os portos de Gijón e Nantes, a Autoridade Portuária de Valência e a Gas Natural Fenosa e conta com o apoio da Puertos del Estado, desde que as ajudas obtidas estejam ligadas à reabertura da AEM.

A Baleària já avisou, porém, que serão necessários mais apoios financeiros para o relançamento da AEM e para enfrentar os prejuízos expectáveis nos primeiros quatro-cinco anos de operação.

O investimento candidatado ao CEF é de cerca de 12 milhões de euros por navio, mas o co-financiamento fica-se pelos 20% daquele montante.

A AEM Gijón-Nantes funcionou entre 2010 e 2014, operada pela LD Lines, e foi suspensa em Setembro de 2014, com o fim dos apoios públicos.

O prazo para a apresentação de candidaturas aos fundos do CEF terminou no último sábado (dia 14). Os resultados deverão ser conhecidos até Outubro, pelo que só então haverá uma decisão sobre a reabertura da AEM.

 

Comments are closed.