A Aena em projectado o desenvolvimento de 328 hectares junto ao aeroporto do Prat, em Barcelona, para actividades logísticas, de comércio electrónico, indústria 4.0 e… agricultura.

O investimento, público e privado, ascenderá a 1,26 mil milhões de euros. O plano será desenvolvido num período de 20 anos e prevê uma aérea construção total de 1,85 milhões de metros quadrados. Essa área inclui os 315 mil metros quadrados que já foram desenvolvidos ao lado do aeroporto.

Haverá quatro áreas-tipos de actividades. A primeira, com 560 mil metros quadrados de construção, será destinada à logística e comércio electrónico.

A segunda, chamada AirCity, terá 590 mil metros quadrados de capacidade de construção e será usada para escritórios e sedes sociais de companhias, bem como comércio, centros de negócios e hotéis.

O terceiro irá para explorações agrícolas. Com uma área de 140 mil metros quadrados de capacidade de construção, o objectivo é combinar empresas inovadoras com um espaço rural.

Finalmente, 260 mil metros quadrados ficam para a indústria 4.0 e o sector aeroespacial, como por exemplo para manutenção de aeronaves.

O plano foi apresentado pelo ministro do Fomento espanhol. Recentemente. a gestora aeroportuária espanhola, controlada em 51% pelo Estado, apresentou o novo plano de investimentos nos aeroportos de Barcelona, num montante de 1,9 mil milhões de euros, que prevê a expansão de El Prat e o reforço de Girona como segundo aeroporto.

 

Tags:

Este artigo tem1 comentário

  1. MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS nem arranca com pista no Montijo a incompetência é enorme, devíamos lançar o NAL imediatamente depois de lançado o concurso para ampliação da Portela, que vergonha !