A espanhola Aena anunciou que não vai exercer o direito de opção de comprar 100% do aeroporto britânico de Luton, mas que manterá os actuais 51%.

A companhia não considera aceitáveis as condições económicas oferecidas para adquirir os 49% de que não é proprietária. A Aena Internacional e a Aerofi, uma subsidiária da Ardian, adquiriram a London Luton Airport Holding a 27 de Novembro de 2013.

Luton é o quarto aeroporto na área metropolitana de Londres – considerada o maior mercado aeroportuário do mundo em número de passageiros e aeroportos – e o quinto no Reino Unido em número de passageiros, com um total de 15,8 milhões em 2017, de acordo com os dados fornecidos pela Aena.

A companhia espanhola detalha que, dentro da rede de aeroportos que gere, Luton ocupa o quinto lugar.

 

 

Os comentários estão encerrados.