Em Outubro, os aeroportos da ANA processaram 12 351 toneladas de carga e correio, mais 4,5% que no mês homólogo do ano passado.

Desde Janeiro, os volumes movimentados ascendem a 115 747 toneladas, apenas mais 0,8% que nos primeiros dez meses de 2010.

O aeroporto de Lisboa continua a ser o principal motor da carga aérea nacional, de acordo com as estatísticas da ANA. Em Outubro contou 8 602 toneladas, mais 5,2%, ou 433 toneladas, que há um ano. No year-to-date, a Portela chega às 78 453 toneladas, mais 0,6%, ou 455 toneladas.

No Porto, continua a lenta recuperação face ao ano passado. Em Outubro foram praticamente 3 000 toneladas (mais cinco, ou 0,3% que em 2010), o que elevou o acumulado para as 28 640 (menos 658 toneladas, ou menos 2,2%).

Entre os aeroportos mais pequenos, destaca-se o aeroporto de Santa Maria, com um ganho de quase 80% em Outubro e no ano, com 238 toneladas no mês e 2 531 toneladas desde Janeiro.

Ainda numa escala mais reduzida, merece também referência o aeroporto das Flores, a subir mais de 20%, com 15 toneladas em Outubro e 176 toneladas no acumulado.

Comments are closed.