O lançamento do projecto de reconversão da base do Montijo em aeroporto comercial já tem data marcada. Será a 15 de Fevereiro, para estar operacional ainda em 2019.

Aeroporto-de-Lisboa

A notícia é avançada pelo “Negócios”, que garante que a 15 de Fevereiro será assinado o memorando de entendimento entre o Estado e a Vinci para avançar com o projecto de construção do “Portela+1”.

Tudo indica, pois, que a decisão do Governo pela base do Montijo já está  tomada. Falta agora estudar a sua transformação em aeroporto comercial, o que passa por encontrar uma solução para a Força Aérea, mas implica também definir as valências que o novo aeroporto oferecerá.

Inicialmente pensado para acolher apenas as low cost, com isso libertando capacidade no aeroporto de Lisboa, o “Portela+1” poderá, afinal, desempenhar outras funções e, logo, ser uma solução mais definitiva para a região de Lisboa.

Igualmente haverá que pensar e projectar as acessibilidades terrestres ao novo aeroporto.

No ano passado, o aeroporto Humberto Delgado cresceu 11,7% para 22,4 milhões de passageiros, tendo registado 16 597 movimentos (mais 10,2% face a 2015).

 

Este artigo tem1 comentário

  1. Será que vão finalmente dar 1 resposta positiva à pretensão da DHL para instalar 1 HUB de carga aérea em Lisboa (espera há 6 anos !), como no Porto, ou a ANA/VINCI vai continuar a negar o projecto de mais de 10 milhões de euros tão importante para Portugal !?