Os dez aeroportos portugueses registaram, nos primeiros nove meses do ano, um total de cerca de 43 milhões de passageiros, mais 7% que no período homólogo, anunciou hoje a gestora aeroportuária Vinci.

Vinci: aeroportos do Porto e Lisboa cresceram mais de 10% até Setembro

Segundo a empresa francesa Vinci, que detém a ANA – Aeroportos de Portugal,  “nos primeiros nove meses do ano, 42,9 milhões de passageiros utilizaram as instalações portuguesas”.

O aeroporto do Porto foi o que mais cresceu em termos homólogos (10,6% para 9,1 milhões de passageiros), seguido de Lisboa, a crescer 10,3% para 22,2 milhões de pasageiros, e dos Açores (+2,6% para 1,9 milhões de passageiros).

Em sentido inverso, Faro perdeu 2,3% e quedou-se nos 7,1 milhões de passageiros, enquanto os aeroportos da Madeira cederam 1,9% para 2,6 milhões.

No terceiro trimestre deste ano, entre Julho e Setembro, “os 10 aeroportos portugueses registaram a melhor temporada de Verão de sempre, com 17,3 milhões de passageiros movimentados”, com um crescimento homólogo de 4,2%, aponta ainda a Vinci.

Crescimento global de 6,7%

A nível global, a Vinci opera 44 aeroportos, que nos primeiros nove meses do ano processaram 142,8 milhões de passageiros, mais 6,7% do que no mesmo período de 2017.

Já entre Julho e Setembro, o aumento foi mais contido, de 2,8%, para um total de 51,3 milhões de passageiros movimentados. Mas “excluindo o desempenho do Japão, que foi negativamente afectado por uma sucessão
de eventos climáticos excepcionais, a taxa de crescimento foi de 6,1%” no terceiro trimestre, sublinha a Vinci na nota de imprensa.

This article has 1 comment

  1. É a última “barraca” do António Costa, depois de ter dito que o NAL _ novo aeroporto Lisboa era assunto TABÚ, o estudo impacto ambiental no Montijo foi arrasado, pior o suposto estudo (até dá vontade de rir às gargalhadas não fosse assunto muito sério) em vez de estudar aquele que será impacto dos aviões comerciais nas aves do estuário (muito maiores que os aviões militares) estudou ao contrário do suposto e manda a inteligência o impacto das aves nos aviões com gente deste calibre Portugal só empobrece !!