As exportações de componentes para a indústria automóvel cresceram 6,6%, para 1 472 milhões de euros, nos dois primeiros meses de 2019, avança a AFIA, com base nos dados do INE.

A AFIA (Associação de Fabricantes de Componentes para a Indústria Automóvel) destaca o aumento de 6,8% das vendas para a União Europeia. No que se refere às vendas para os países do resto do mundo registaram um aumento de 5%.

“Podemos, assim, concluir que as vendas para o exterior, desde o início da década, praticamente duplicaram, passando dos 797 milhões de euros no ano de 2010 para os 1 472 milhões de euros em 2019, ou seja, um aumento de 85%”, refere o comunicado da AFIA.

A associação realça ainda que “os componentes automóveis representam 15% do total das exportações de bens transaccionáveis”.

 

Comments are closed.