A criação de uma Agência Europeia do Transporte Rodoviário está a ganhar forma na União Europeia e terá o apoio dos operadores, que reclamam um regulador específico para o sector.

Reino Unido - Camiões

Recentemente, a União Internacional dos Transportes Rodoviários (IRU na sigla em inglês) manifestou apoio à intenção das autoridades europeias de criarem a agência. Desde a IRU salientaram que esta agência deverá promover uma maior clareza jurídica no sector para aumentar a sua eficiência, através de uma acção concertada de transportadores, administrações e autoridades.

Os transportadores rodoviários esperam, pois, que a criação de uma Agência Europeia do Transporte Rodoviário passe do mero plano das intenções. O sector deseja, além disso, que seja mais bem sucedida do que outras tentativas de impulso de boas práticas à escala comunitária.

Um exemplo de iniciativas que não surtiram os efeitos desejados é o projecto ERRU (European Register of Road Transport Undertakings), com o qual se pretendia ter um registo informático centralizado das empresas de transporte europeias, no sentido de conhecer eventuais infracções. Este registo tinha carácter voluntário dos estados-membros, o que levou a que nem todos aderissem, condenando a medida ao insucesso.

A necessidade de uma regulação uniforme do sector à escala europeu ganhou maior expressão nos últimos tempos com a multiplicação de iniciativas nacionais na tentativa de atacar problemas como o dumping social, com um importante impacte na economia do mercado.

 

 

Os comentários estão encerrados.