A Air Berlin anunciou o cancelamento duma encomenda de 33 aviões à Boeing, no valor de cinco mil milhões de dólares (3,9 mil milhões de euros).

De acordo com a companhia aérea, o cancelamento da encomenda de 18 B737 e de 15 B787 não implicará o pagamento de quaisquer compensações ao fabricante americano.

“A nossa colaboração com a Boeing sempre foi excelente e assim permanece. Mantemos ao serviço nas nossas rotas europeias de curta e média distância 45 aviões Boeing B737 NG. No sentido de termos mais flexibilidade e reduzirmos ainda mais os custos, a estandardização da nossa frota é um elemento-chave da nossa reestruturação”, afirma o CFO da Air Berlin, Ulf Hüttmeyer, citado pela assessoria de imprensa da empresa.

A segunda maior companhia aérea alemã teve lucros no segundo trimestre, pela primeira vez desde 2009. No primeiro semestre reduziu os prejuízos em 14%, para 201 milhões de euros.

Comments are closed.