A Air France, pela positiva, e a TAP Portugal, pela negativa, estiveram em destaque em Janeiro, no aeroporto do Porto.

O movimento de carga no aeroporto nortenho totalizou 2 809 toneladas no primeiro mês do ano, o que representou uma quebra de 1,9% relativamente a Janeiro de 2010.

A Air France foi, de muito longe, a companhia com o melhor comportamento, tendo movimentado 480 toneladas, mais de 40% acima do realizado há um ano. Ao invés, a TAP foi, entre as principais companhias, a que perdeu mais carga: praticamente 30% para as 332 toneladas.

A Star Air, que opera os voos da UPS, manteve-se na liderança da carga movimentada no aeroporto do Porto, com 768 toneladas (mais 1,6%), à frente da EAT, a companhia da DHL, que movimentou 601 toneladas (mais 0,6%).

O ranking do “top 5” é completado pela TNT Airways, com 246 toneladas (menos 7.5%).

Em forte alta continua o movimento de passageiros. Em Janeiro aumentou 17,8% para a casa dos 406 mil passageiros. Puxado pela Ryanair, que cresceu cerca de 49%, firmando-se como a principal operadora no “Francisco Sá Carneiro”, com 152 mil passageiros. E com a forte “ajuda” da EasyJet, que subiu 23% para os 52 mil. A TAP movimentou 133 mil passageiros (quase 4% mais).

 

Comments are closed.