A AirAsia X, a filial de longo curso da AirAsia, encomendou 55 Airbus A330neo, num negócio avaliado em 15 mil milhões de dólares (a preços de catálogo).

Trata-se da maior encomenda de A300 alguma vez feita. A filial de longo curso da companhia aérea malaia acrescenta, assim, cinco aparelhos ao acordo que assinou com a Airbus em Julho, no Salão Aeronáutico de Fairnborough, em Inglaterra.

Os aviões agora encomendados começarão a ser entregues em 2018. Com eles, a AirAsia X passará a operar com 91 A330, fazendo da companhia o maior cliente mundial deste modelo da Airbus.

“Este último contrato com a Airbus permitirá à AirAsia X consolidar a taxa de crescimento em 2015-2017 antes das entregas [dos novos aviões], a partir de 2018”, afirmou, citado pela assessoria de imprensa, Tony Fernandes, co-fundador e director da AirAsia X.

“O A330 tem provado ser exactamente a aeronave certa para o nosso modelo de negócio, combinando baixos custos operacionais, capacidade de longo alcance de voo e altos níveis de conforto. Estamos extremamente animados com os maiores níveis de eficiência que virão com o A330neo, que terá um papel fundamental para permitir que a AirAsia X mantenha a posição como o líder no segmento low cost de longo curso”, acrescentou.

Apresentado, no Salão de Fairnborough, para fazer frente ao Boeing 787, o Airbus A330neo baseia-se no actual A330ceo e incorporará a mais recente geração dos motores Rolls-Royce Trent 7000, além de melhorias aerodinâmicas e novos recursos de cabine. Esses avanços farão, segundo a Airbus, do A330neo a aeronave mais eficiente em termos de custos da sua categoria, com uma redução no consumo de combustível de 14% por lugar.

A ligação entre a Airbus e a Air Asia já é antiga e produtiva. Em 2011, a companhia malaia colocou aquela que foi a maior encomenda de A320neo: 200 aparelhos (com opção para mais 100).

Tags:

Comments are closed.