A AirAsia, companhia “low cost” da Malásia, estará em vias de fechar uma encomenda de 150 a 175 Airbus A320 Neo (remotorizados), avança a imprensa francesa de hoje.

O negócio, a concretizar-se, representará um investimento, a preço de catálogo, entre os 13,6 mil milhões e os 15,9 mil milhões de dólares. O anúncio do acordo poderá ser feito na abertura do salão aeronáutico de Le Bourget, em França, dentro de um mês.

Já em 2005, a AirAsia encomendou à Airbus 175 aviões A320, para serem entregues até 2015-16. Precisamente quando estarão disponíveis os primeiros A320 Neo.

Em Fevereiro último, o presidente da AirAsia disse-se interessado em converter algumas das encomendas dos A320 clássicos em A320 Neo.

Os 320 Neo são mais caros que os actuais mas a diferença do preço é compensada pela maior eficiência dos seus motores, que poupam cerca de 15% no consumo do combustível. Um ganho brutal, para mais quando a tendência do preço do petróleo é de continuar a subir.

Comments are closed.