O primeiro dos seis novos Beluga XL já voa ao serviço da Airbus. Os restantes deverão entrar em operação até 2023.

O Beluga XL pode transportar 51 toneladas a 4000 km

Face ao predecessor Beluga ST (que continua em operação), o Beluga XL disponibiliza mais 30% de capacidade de transporte. O que é  muito, mas ainda se torna mais quando se pensa que o novo gigante pode transportar duas asas do A350 XWB, contra uma apenas no seu irmão mais velho.

Desenvolvido a partir do A330-200 Freighter, o Beluga XL foi dotado com melhorias relevantes, como sejam o maior plano de carga do mundo ou a maior porta de carga da Europa. Com 63 metros de comprimento e oito metros de largura, o novo cargueiro tem uma capacidade de carga máxima de 51 toneladas e uma autonomia de 4 000 quilómetros.

O novo Beluga XL será usado no transporte de componentes entre as diferentes fábricas da Airbus e dos seus fornecedores, cobrindo um network de 11 localizações na Europa. Alguns desses aeroportos tiveram, claro, que sofrer melhoramentos para receber o avião.

A Airbus privilegia o modo aéreo para o transporte de componentes dos seus aviões, mas na verdade utiliza todos os meios de transporte, com destaque para os seus navios-gigantes.

Tags:

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*