O Grupo HNA, accionista da TAP, ter-se-á atrasado nos pagamentos e a Airbus decidiu reter a entrega de mais seis aviões. A notícia é da "Reuters", que cita fonte conhecedora do processo . . .

***Este conteúdo está disponível apenas para assinantes do TRANSPORTES & NEGÓCIOS! Se ainda não é assinante clique AQUI para selecionar a assinatura que mais se adequa às suas necessidades! Caso já faça parte da comunidade T&N clique AQUI para fazer o login***

Tags: