A leasing holandesa AerCap é a primeira cliente da Airbus para os A320 convertidos em cargueiros. A encomenda é de 30 unidades, que começarão a ser entregues em 2012.

A transformação dos aviões de passageiros está a ser feita em Dresden. Mas a Airbus projecta instalar uma segunda linha perto de Moscovo. Em velocidade de cruzeiro, o construtor europeu projecta converter 30 A320 por ano. Entre 2012 e 2026, o objectivo é chegar às 400 unidades.

Na versão cargueiro, o A320 terá uma capacidade de transporte de 23 toneladas ou 167 metros cúbicos. Já o A321 poderá transportar 25 toneladas.

O programa da Airbus de conversão dos A320 em aviões cargueiros deveria ter começado há já dois anos, mas foi atrasado pela indisponibilidade de aparelhos, uma vez que com a crise as companhias aéreas optaram por mantê-los em operação no transporte de passageiros.

O A320F junta-se ao B737F como substitutos do “velhinho” B727, que caminha rapidamente para o fim do seu ciclo de vida. Outro concorrente será o MD-80, um navio com menor capacidade de transporte mas substancialmente mais barato.

Os integrators serão os principais clientes deste tipo de aparelhos. As previsões da Boeing para um horizonte de 20 anos apontam para a necessidade de 1 1180 aviões cargueiros “narrow body”, a maioria dos quais para substituir aviões mais velhos e praticamente todos resultado de conversões.

Comments are closed.