É quase um recorde. A Airbus e a China Aviation Supplies assinaram dois acordos que preveem o fornecimento de 45 aviões da família A330, com opção para mais 30 unidades.

Airbus China

O valor do contrato, a preços de catálogo, poderá ascender a 18 mil milhões de dólares. E ficará muito perto dos 18,4 mil milhões de dólares do contrato recorde firmado em 2013, com a Lion Air (então para o fornecimento de 234 A320).

Os acordos foram assinados no âmbito da visita do primeiro ministro chinês a França. Para amanhã, quinta-feira, prevê-se a celebra-se de mais um acordo envolvendo a Airbus e as autoridades de Pequim, esse a propósito da instalação de uma linha de montagem de aviões em Tianjin, com abertura prevista para 2017.

A China está destinada a ser o maior mercado mundial de transporte aéreo, quer doméstico quer internacional. Actualmente a Airbus tem a operar naquele país 1 150 aviões, sendo 980 A320, 150 A330 e cinco A380.

O A330 é um caso de sucesso na história da Airbus. Acumula 1 500 encomendas, estando 1 100 em operação em 110 companhias.

 

 

 

 

Tags:

Comments are closed.