A aliança de companhias europeias Airlines for Europe (A4E) contesta as anunciadas taxas para compensar o impacto ambiental do sector.

Essas taxas ecológicas são, de acordo com a A4E, contrárias à liberdade de circulação dos cidadãos europeus e afectarão particularmente os países periféricos como Portugal, Espanha, Irlanda, Espanha e os países bálticos (Estónia, Letónia, e Lituânia).

A associação indica que as maiores companhias aéreas europeias terão, já este ano, de suportar uma factura de mais de cinco mil milhões de euros para encargos ambientais e pagamentos no mercado de emissões (590 milhões em 2019, mais 59% do que no ano anterior).

O sector salienta que, além disso, investirá, até 2030, 169 mil milhões de euros em iniciativas que resultam na protecção do meio ambiente. Entre estas está a compra de 800 novas aeronaves mais eficientes.

França anunciou para 2020 a cobrança de uma taxa de até 18 euros por passageiro em todos os voos à partida do país. A receita, calculada em 180 milhões de euros/ano, será destinada a investimentos em infra-estruturas de transportes não poluentes, como é o caso da ferrovia.  Holanda e Bélgica estudam medidas semelhantes.

A A4E apela, outrossim, à revisão do quadro regulamentar do espaço único europeu e aos investimentos em processos, novas tecnologias e recursos humanos nos centros de controlo.

“As medidas levadas a cabo por governos europeus e pelos próprios centros de controlo são escassas e tardias. A modernização do espaço aéreo europeu é urgente e demorou de mais”, afirmou, em conferência de imprensa realizada em Bruxelas, Willie Walsh, CEO da IAG, no papel de membro da A4E.

As companhias aéreas europeias alertam para um Verão afectado por conflitos laborais e congestionamentos, pelo que exigem medidas. “Precisamos de uma solução de longo prazo, não só para melhorar as viagens dos clientes, mas para evitar emissões desnecessárias de CO2. Poderemos fazê-lo amanhã, mas os políticos discutem isso há 18 anos sem obter resultado algum”, criticou Walsh.

A Airlines for Europe agrega, entre outras companhias, a IAG, a Air France-KLM, a easyJet ou a  Cargolux.

 

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*