O valor da Hapag-Lloyd em Bolsa mais do que duplicou este ano, à conta da disputa entre os dois principais accionistas pelo controlo da companhia.

Dois maiores accionistas aumentam posições na Hapag-Lloyd

De um lado está Klaus-Michael Kühne, um dos homens mais ricos de Hamburgo. Do outro está a CSAV, controlada pela família Luksic, que se tornou accionista da Hapag-Lloyd aquando da integração da companhia chilena na alemã.

A participação da Kühne Maritime na Hapag-Lloyd aumentou de 20,5% para 26,2% entre o início de 2018 e Junho de 2019. Já a participação da CSAV aumentou, no mesmo período, de 25,5% para 27,5%.

A Alphaliner dá conta que o preço das acções da Hapag-Lloyd subiu mais de 130% este ano. Foi, porém, este mês que a negociação de acções ficou mais agitada, com o preço do papel da empresa a subir mais de dez euros a 6 de Agosto e, desde então, a manter a tendência altista.

A capitalização de mercado daquela que é a quinta maior companhia de contentores do mundo subiu para 9,05 mil milhões de euros devido ao recente aumento dos preços das acções.

A Hapag-Lloyd está avaliada actualmente em 1,44 vezes o valor contabilístico, de acordo com a Alphaliner, em comparação com uma avaliação média do sector de 1,01 vezes.

No passado, Kühne resistiu a várias tentativas de aquisição da companhia sediada em Hamburgo.

Comments are closed.