A Alemanha colocou em funcionamento o primeiro troço de auto-estrada para camiões eléctricos da rede pública.

Para utilizarem o troço de dez quilómetros da auto-estrada A5, entre as cidades de Langen e Weiterstadt, os camiões eléctricos terão de integrar um sistema de transmissão híbrido e um pantógrafo para receberem a energia, de acordo com a Siemens, que desenvolveu a tecnologia.

Quando ligados à catenária, os camiões serão movidos em exclusivo a electricidade, podendo, tal como quando movidos a combustíveis fósseis, circular a 90 km/h.

É objectivo do governo federal alemão alargar o projecto a outros troços e estradas do país. O investimento público da Alemanha nesta tecnologia foi de 70 milhões de euros.

A Siemens defende que este sistema combina a eficiência do transporte ferroviário eléctrico com a flexibilidade do transporte rodoviário. A companhia  destaca o benefício ambiental representado pela redução de emissões de CO2 e NOx.

O grupo alemão quantifica, além disso, em 20 mil euros a poupança que as companhias de transporte rodoviário podem atingir a cada 100 mil quilómetros percorridos.

Comments are closed.