A Autoridade Portuária de Algeciras adiou por mais quatro meses o prazo para a apresentação de candidaturas à concessão do segundo terminal de contentores da Isla Verde Exterior.

Algeciras

O prazo, já resultado de um prolongamento anterior, terminava no final do mês corrente e foi agora adiado para 31 de Outubro. A decisão é justificada, de novo, com as incertezas sobre 0 futuro regime do trabalho portuário em Espanha.

O concurso para a concessão do novo terminal foi inicialmente lançado em Agosto do ano passado, depois de a TTI Algeciras (então ainda controlada pela Hanjin Shipping) ter desistido da opção de anexar a Fase B da Isla Verde Exterior para expandir o seu terminal de contentores.

O novo terminal ocupará uma área de 30,5 hectares (37 hectares se se incluir a zona pública) e disporá de uma frente de cais de 680 metros (prolongável em 130 metros)  com fundos de -18,5 metros.

Algeciras tem sido dos portos espanhóis mais castigados pelos protestos dos estivadores contra a nova lei do trabalho portuário. O porto dispõe de dois terminais de contentores, um operado pela TTI Algeciras (que entretanto estará em vias de passar para as mãos da HMM) e outro operado pela APM Terminals.

Os comentários estão encerrados.