Os administradores da insolvência da Alitalia anunciaram ontem a recepção de 32 manifestações de interesse por parte de potenciais compradores para salvarem companhia aérea italiana da falência. A decisão final deverá anunciada apenas no último trimestre do ano.

Alitalia

As 32 manifestações de interessas são “um número acima das expectativas”, segundo disse aos jornalistas o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (ENAC) de Itália, Vito Riggio.

Esta é uma fase ainda inicial do processo delineado pela administração de insolvência, nomeada no mês passado, para tentar evitar a liquidação da Alitalia. Os três comissários irão, agora, ordenar e classificar as manifestações de interesse e informarão, nas próximas semanas, as entidades potencialmente interessadas sobre a situação económica da companhia aérea italiana.

Em seguida, entre o fim de Julho e Agosto, será aberto o prazo para a apresentação de ofertas não vinculativas de compra da Alitalia. Estima-se que em Outubro os comissários analisem essas propostas para tomarem uma decisão.

Em Maio, o Estado italiano emprestou 600 milhões de euros à Alitalia para garantir que a companhia continua a operar enquanto se procura uma solução. O governo de Roma já disse, porém, que não aceitará recapitalizar a companhia. Seis meses é o prazo do empréstimo.

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.