A espanhola Alsa anunciou uma parceria com a Respiro, empresa de car-sharing que opera em Madrid. O acordo prevê o intercâmbio de vantagens comerciais entre os clientes de ambas as companhias e a entrada da Alsa no capital da start-up.

respiro-car-sharing

“O acordo com a Respiro pressupõe a incorporação no nosso negócio de soluções de mobilidade para a denominada última milha”, refere o comunicado do operador de transporte público de passageiros. “Trata-se de um serviço que os nossos clientes procuram e que encaixa na estratégia da Respiro”, acrescenta.

A Respiro opera em Madrid com uma frota de cerca  de 200 viaturas, que podem ser levantadas/entregues numa centena de pontos de estacionamento.

A estratégia da Alsa, filial espanhola da National Express, segue uma tendência global, que aponta para uma “fusão” na oferta de soluções de mobilidade dos vários negócios “clássicos” que gravitam em torno dos automóveis (incluindo, até as próprias marcas). Por exemplo, a rent-a-car Europcar anunciou, já este ano, a empresa de car-sharing Bluemove e a Daimler está a investir em força neste negócio com a Car2Go.

A Respiro sustenta que o car-sharing é mais económico que a viatura própria para quem percorra menos de mil quilómetros por mês. “Temos estudos que demonstram que o custo médio para manter um veículo privado em propriedade ronda 5 000 euros por ano, enquanto através de uma companhia como a nossa esse valor desce para cerca de 3 000 euros anuais”, de acordo com Ian Paterson, co-fundador e CEO da companhia.

Antes da parceria com a Alsa, a Respiro assinou um acordo com a Transportes de Madrid para que o “passe” dos passageiros sirva de chave para abrir os automóveis do seu serviço.

 

 

 

Tags:

Comments are closed.