O primeiro dos sete AGV que a Alstom produzirá em Itália para a NTV acaba de sair da fábrica de Saviglino. O operador privado transalpino prevê iniciar as operações no arranque do próximo ano.

A NTV – Nuovo Trasporti Viaggiatori, o primeiro operador ferroviário privado de Alta Velocidade encomendou à Alstom 25 AGV. Dezoito fabricados em França e os restantes em Itália.

A companhia transalpina diz-se agora pronta para iniciar as operações, depois de sucessivos adiamentos. O primeiro serviço ligará Turim e Salerno, com passagens por Roma e Nápoles. Para mais tarde ficará a ligação Roma-Veneza.

“A experiência da NTV é seguida com grande interesse e será atentamente estudada em outros países”, sublinhou o CEO da empresa. Giuseppe Sciarrone destacou também o konw-how da Alstom em matéria de Alta Velocidade, como peça-chave para por de pé o projecto italiano em tão pouco tempo.

Além de estar a construir os oito AGV para a NTV, a unidade da Alstom em Savigliano está igualmente a produzir quatro comboios pendulares da Clase 390 para a Virgin Trains (Reino Unido), além de 62 carruagens para o mesmo cliente, para aumentar a capacidade das composições já em serviço.

Comments are closed.