O serviço de Alta Velocidade entre Tours e Bordéus arrancará a 2 de Julho de 2017. A SNCF já está a efectuar testes dinâmicos no troço, que integra o Corredor Atlântico Europeu.

tgv

 

O arranque do serviço permitirá cumprir o trajecto Bordéus-Paris em duas horas. Já a viagem Irun-Paris será realizada em cinco horas.

Os testes dinâmicos que a SNCF está a levar a cabo são realizados com uma alimentação eléctrica de 25 mil volts e servem para medir a qualidade da plataforma, vibrações, tensão da catenária, transmissões rádio e sinalização inteligente. A empresa ferroviária francesa avança que os 400 profissionais que irão assegurar o serviço TGV Atlantique já se encontram em formação.

Entretanto, as regiões francesa da Aquitânia e espanhola do País Basco continuam a trabalhar no desenvolvimento dos projecto de uma linha, paralela à do TGV Atlantique, dedicada ao transporte de mercadorias.

A denominada Auto-estrada ferroviária do Atlântico (que já foi chumbada por Paris em Maio de 2015, mas na qual as duas regiões insistem), unirá, a concretizar-se, Calais/Dourges a Jundiz-Vitoria. Em território francês, este serviço utilizará a linha ferroviária tradicional (convenientemente adaptada) da Aquitânia, enquanto em território espanhol percorrerá o Y basco.

 

 

Comments are closed.