Nuno Botelho foi reeleito, por unanimidade, presidente da Associação Comercial do Porto (ACP). Álvaro Costa foi eeleito vice-presidente, reforçando assim a presença das gentes dos transportes na Direcção (onde continua Ricardo Fonseca).

Nuno Botelho - ACP

Nuno Botelho está na ACP desde 2004. Foi director-executivo até 2013, ano em que substituiu Rui Moreira na presidência da instituição.

Álvaro Costa integra o elenco eleito para o biénio 2017/2018, substituindo Paulo Samagaio. Álvaro Costa é fundador e presidente da Trenmo, professor universitáario, investigador e consultor em transportes.

Na nota emitida a propósito das eleições, a própria ACP destaca que a presença de Álvaro Costa como vice-presidente “vem reforçar a preocupação e a reivindicação que a ACP dedica aos transportes e às infra-estruturas públicas”.

Filipe Avides Moreira mantém-se como primeiro secretário e Gonçalo Araújo Moreira substitui Carlos Abrunhosa Brito como segundo secretário.

Nuno Melo (eurodeputado do grupo do Partido Popular Europeu), José Manuel Fortunato (administrador da Sonae MC), Gonçalo Lobo Xavier (vice-presidente do Conselho Económico e Social Europeu e assessor da direcção da AIMMAP) e Maria José Barros (vogal da comissão executiva do Hospital de Braga) passam a incorporar a Direcção da ACP.

Na Direcção para o novo mandato mantêm-se António Campos e Matos, Ricardo Fonseca, Francisco Laranjo, Jorge Macedo, Maria do Rosário Gambôa, Miguel Leichsenring Franco e Paulo Rangel.

Comments are closed.