Nos últimos dias, surgiram na Alemanha rumores de que a gigante do “e-commerce” Amazon estará em negociações com as autoridades do país para comprar o aeroporto de Frankfurt-Hahn, em dificuldades financeiras.

Frankfurt-Hahn

O aeroporto, que fica a meio caminho entre o Luxemburgo e Frankfurt (a cerca 110 quilómetros do primeira e 120 quilómetros da segunda), tem uma posição geográfica privilegiada que pode ser útil à Amazon para o transformar num centro de distribuição. Frankfurt-Hahn está, além disso, próximo de Koblenz, onde a Amazon tem um centro logístico.

Não há qualquer confirmação oficial do negócio, mas o alemão “Sueddeutsche Zeitung” noticiou reuniões entre a companhia e o aeroporto, sem, contudo, revelar o tema da reunião.

A especulação em torno deste negócio na Alemanha surge devido aos objectivos de expansão da distribuição da Amazon naquele mercado. No ano passado, a gigante do “e-commerce” lançou um centro de operações em Munique e na semana passado anunciou que pretende investir 1,2 milhões de euros na expansão das instalações logísticas que tem (há 10 anos) em Leipzig.

Além disso, no último Inverno, arrancou com uma operações aérea na Europa, com o fretamento de um Boeing 737 cargueiro para transportar encomendas entre a Polónia, a Alemanha e o Reino Unido.

Já em Março pasado, a Amazon acordou com a ATSG o lançamento de uma operação dedicada de carga aérea nos EUA, servida por uma frota de 20 aviões B767 cargueiros.

 

 

 

 

Comments are closed.