A Amazon apresentou hoje, em Seattle, o primeiro avião da Prime Air, a marca com que voarão os 40 aparelhos que contratou com a Atlas Air e a ATSG para uso exclusivo da gigante do e-commerce.

Amazon Prime Air

A apresentação do Amazon One, como foi baptizado o B737-600 da Atlas Air, aconteceu no decurso do Boeing Seafair Air Show. E mesmo se a aposta nos aviões próprios já era conhecida, a Amazon conseguiu surpreender com a marca adoptada. Prime Air era até agora a denominação do programa de entregas com drones.

Com a Prime Air, que operará uma frota de 40 B767-300, a Amazon propõe-se complementar a oferta dos seus parceiros habituais, a UPS e a FedEx que, na opinião da companhia, nem sempre têm demonstrado capacidade para responder aos picos de procura.

Mas a cerimónia de hoje pode muito bem marcar o início de uma nova companhia, uma vez que os acordos celebrados entre a Amazon e a Atlas Air e a ATSG para o leasing de 20+2o aviões também contempla a entrada da gigante do comércio electrónico no capital social das duas operadoras.

» Amazon cria network aéreo nos EUA com 20 B767

» Amazon freta mais aviões e entra noutra companhia

 

Tags:

Os comentários estão encerrados.