A Amazon pondera mudar a sua estratégia em Espanha e terceirizar a operação de algumas plataformas para acelerar o seu crescimento, avança o “Cinco Días”.

O jornal económico espanhol cita fontes próximas do projecto para noticiar que a Amazon estará a ultimar um acordo com a Celeritas, uma subsidiária de e-commerce da SGEL, para lhe entregar a gestão de algumas estações de logística do país vizinho.

As duas companhias lançaram, em Agosto de 2019, dois projectos-piloto, em Saragoça e Saragoça, para aferir da exequibilidade da tarefa sem perdas de qualidade.

Nesses testes, armazéns, recursos humanos e gestão são terceirizadas. Isto é, a Celeritas arrenda os centros e é quem contrata a mão-de-obra. O trabalho realizado, no entanto, é altamente padronizado e realizado com processos totalmente regulamentados pela Amazon. Ambos os centros da Celeritas trabalham em exclusivo para o gigante norte-americano.

As fontes do “Cinco Días” indicam que esta é a primeira vez que a Amazon realiza uma terceirização desta parte da sua logística e que “os bons resultados obtidos” levam a companhia a considerar a extensão desse modelo de subcontratação de centros a outras partes de Espanha e outros países europeus.

 

 

Tags:

Comments are closed.