Os operadores portuários espanhóis representados na Anesco aprovaram hoje o pré-acordo alcançado ontem com os representantes dos estivadores e que suspende a greve nos portos até 5 de Junho próximo.

Estivadores - SAGEP- Espanha

Reunidos em assembleia geral, os operadores rejeitaram a transformação da Anesco, de entidade patronal em associação empresarial. Caso a transformação tivesse sido aprovada o pré-acordo com os estivadores ficaria automaticamente sem efeito, porque a Anesco deixaria de ter legitimidade para negociar com os sindicatos questões de contratação colectiva.

A partir daqui, e tal como acordado ontem, patrões e sindicatos voltarão a reunir-se a 1 de Junho para acertarem o texto do acordo.

No entretanto, os primeiros cinco dias de greve dos estivadores ficam sem efeito, isto é, entre amanhã e 2 de Junho, inclusive.

O pré-acordo alcançado prevê  a manutenção dos postos de trabalho actuais, mas contempla igualmente a redução de salários nos terminais com menos actividade em nome dos ganhos de produtividade.

» Fim da greve nos portos espanhóis à espera da Anesco

Comments are closed.