O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Angola considera que o convénio que elimina a dupla tributação entre os dois países incentiva as relações comerciais e os investimentos de longo prazo . . .

 

*** CONTEÚDO DE ACESSO RESERVADO. FAÇA LOGIN OU TORNE-SE ASSINANTE T&N ***

Tags: