A modernização e ampliação do porto do Lobito, cujas obras estão prestes a terminar, vão custar 1,2 mil milhões de dólares, de acordo com o presidente da Empresa Portuária.

Citado pela “Angop”, Anapaz de Jesus Neto, que falava no acto da comemoração dos 84 anos da empresa, referiu que o montante está a ser empregue na construção do terminal para descarga e carga de minérios, erguido na margem directa da baia do Lobito.

A ampliação da ponte cais que nos próximos tempos, de acordo com a fonte, terá a capacidade de atracagem em simultâneo de 12 navios, contra os oito actuais, faz também parte dos investimentos que estão a ser feitos.

O projecto abrange ainda a construção de um porto seco a ser utilizado para a descarga de mercadorias contentorizadas e outros serviços portuários.

A pavimentação do recinto portuário, de modo a tornar segura a movimentação de máquinas e todos meios de manuseamento de mercadorias, também está contemplada.

Com estes investimentos feitos pelo Estado angolano, o porto do Lobito poderá manusear, em média, 11 milhões de toneladas por ano. Quanto à mercadoria contentorizada, o porto prevê, com as novas instalações (porto seco), movimentar cerca de 700 mil contentores/ano.

No ano passado, o porto do Lobito movimentou cerca de 2,7 milhões de toneladas, que comparam com os 2,3 milhões do exercício anterior.

Comments are closed.