Angola vai avançar com um concurso público internacional para a concepção, construção, gestão e manutenção das instalações do novo porto da Barra do Dande, na província do Bengo, a Norte de Luanda.

Angola vai avançar com um concurso público internacional para a concepção, construção, gestão e manutenção das instalações do novo porto da Barra do Dande, na província do Bengo, a Norte de Luanda. 

A decisão consta do despacho presidencial nº76/18, de 28 de Junho, noticiou a imprensa angolana.

O despacho assinado por João Lourenço cria uma comissão de avaliação do concurso público, coordenada pelo director geral do Instituto Marítimo e Portuário de Angola, Victor Alexandre de Carvalho, e integrada, entre outros, pelo assessor principal do gabinete jurídico do Ministério dos Transportes, Raul Campos, e por representantes dos ministérios das Finanças e da Construção e Obras Públicas.

João Lourenço revogou recentemente o decreto assinado pelo anterior chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, que aprovava o projecto do porto da Barra do Dande, construção adjudicada por 1 500 milhões de dólares depois das
eleições gerais.

Os comentários estão encerrados.